dayandecastro_aereperennius-8.jpg

estás hoy tú y mañana

otro igual a ti seguirá en la espera.

no hay prisa ni exigencia.

los hombres no se acaban

miguel angel asturias

aere perennius: somos eternos

    aere perennius pode ser traduzido como “mais durável que o bronze”, em uma interpretação mais livre: somos eternos. As paisagens mostram a perfeição do desastre do projeto agrícola levado a cabo no cerrado brasileiro. Céus lindos, paisagens infinitas, luz que deixa tudo ver se juntam ao desmatamento sem fim. É a tragédia pela beleza, nossa estagnação perante o tempo, nossa sensação juvenil de sermos eternos.