sibila processo processos historicos analogica van dyke brown marmore artista visual fotografo retrato argentique marbre portrait  arts visuels photographe photographie  visual arts photography photo photographer

     De repente, como se um destino médico me houvesse operado de uma cegueira antiga com grandes resultados súbitos, ergo a cabeça, da minha vida anónima, para o conhecimento claro de como existo. E vejo que tudo quanto tenho feito, tudo quanto tenho pensado, tudo quanto tenho sido, é uma espécie de engano e de loucura. Maravilho-me do que consegui não ver. Estranho quanto fui e vejo que afinal não sou.

fernando pessoa

sibila

 sibilas foram antigas profetizas romanas que previam o futuro não por adivinhação, mas pelo conhecimento do passado. essa forte ligação com experiências sociais anteriores gerou essas profetizas e suas profecias. as fotografias foram realizadas entre 2010 e 2016, são retratos de pequenas produtores rurais do sertão mineiro que trazem no rosto o peso do tempo.

originais: van dyke brown sobre mármore.

dimensão: 20 x 30 x 03 cm